Diárias de Mercado

Soja: na Bolsa de Chicago, cotações seguem em baixa nesta 2ª feira

A manhã de segunda-feira (12/08) é de baixa para os preços da soja na Bolsa de Chicago

No dia em que chegam os novos números do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), os preços realizam lucros e os traders buscam garantir seu posicionamento antes da divulgação do novo relatório mensal de oferta e demanda.

Assim, por volta de 07h20 (horário de Brasília), os futuros da oleaginosa perdiam pouco mais de 5 pontos em seus principais contratos, com o novembro sendo cotado a US$ 8,86 e o janeiro/20, US$ 8,99 por bushel.

“essas baixas chegam como um movimento técnico de ajuste depois das altas da última semana, quando o mercado também subiu motivado por compras técnicas”, explicam os analistas da consultoria internacional Allendale, Inc.

Os números do USDA, de acordo com as estimativas do mercado, deverão indicar uma baixa na área de plantio e na produção e produtividade de soja e milho nos EUA.

Paralelamente, atenção ao clima no Corn Belt e à possibilidade de uma nova onda de calor e tempo seco a partir da semana do dia 18 de agosto, de acordo com as últimas previsões atualizadas.

E atenção ainda às questões comerciais entre China e Estados Unidos também permanecem no radar e exigindo atenção dos traders. O presidente Donald Trump já afirmou que continuará suas conversas com a China, porém, não espera que um acordo seja firmado por agora.

Por Carla Mendes/ Notícias Agrícolas

Etiquetas
Continuar lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar