NotíciasOpinião

Para onde caminha o leite no Brasil e no mundo?

Este é um dos temas principais do Dairy Vision (26 a 27 de novembro), em Campinas. A realização é do AgriPoint e da Zenith Global

Este é um dos temas principais do Dairy Vision (26 a 27 de novembro), em Campinas. A realização é do AgriPoint e da Zenith Global

Cada vez mais, o consumidor dita as regras do que e como quer consumir. A maneira como o leite é produzido e industrializado, as práticas comerciais das empresas e os valores embutidos em cada produto ou negócio cada vez mais são relevantes para determinar quem ganha e quem perde. Muitas vezes, o consumidor tem percepções próprias, mas brigar com ele não é uma atitude inteligente.

As profundas transformações do setor lácteo, incluindo os direcionamentos do consumo, representam o tema central do Dairy Vision 2019 (26 e 27 de novembro, em Campinas), evento de líderes dos mais importantes segmentos da cadeia produtiva e do consumo para discutir os rumos do leite no país e em termos globais. O evento é realizado em parceria pela AgriPoint, principal hub de informação da cadeia do leite no país, e a Zenith Global, consultoria britânica especializada em bebidas.

“As transformações no setor lácteo brasileiro e mundial têm diversas vertentes e carregam como consequência um cenário difuso da indústria de laticínios, com rentabilidades, perspectivas e crescimento muito distintos”, ressalta Marcelo Carvalho, CEO da AgriPoint e promotor do Dairy Vision.

O Dairy Vision 2019 discutirá vários temas, incluindo novas tecnologias tanto na produção como na indústria e no varejo. “Essas novas tecnologias resultam de vários fatores, como o aumento vertiginoso da capacidade de processamento e computação em nuvem; a disponibilização de sensores a baixo custo; a digitalização de quase tudo; e a mobilidade cada vez maior dos usuários. As empresas que conseguirem corretamente utilizar estas tecnologias para otimizar custos, oferecer ao consumidor uma resposta aos seus anseios e utilizar a inteligência de dados para otimizar vendas sairão na frente”, explica Marcelo Carvalho.

Dairy Vision 2019 também terá painel sobre a aplicação destas tecnologias, incluindo a geolocalização de clientes para alimentar um banco de dados sobre comportamento de compras, o uso de blockchain para rastreabilidade e contratos e as ferramentas de pesquisa de mercado por aplicativos.

“Cada vez mais, as corporações buscam nas startups uma fonte de inovação para seus negócios. A época dos grandes departamentos de P&D internos vem dando lugar a um ecossistema de inovação em que as corporações se mesclam com as startups para revigorar seus negócios. Por que as empresas estão buscando esse caminho? Que exemplos de sucesso podem ser identificados no setor lácteo? Que startups estão sendo aparecendo e o que trazem de novo? Esta será uma temática muito presente no Dairy Vision 2019, complementa o CEO do AgriPoint.

No total, o Dairy Vision terá mais de 20 apresentações e debates com o objetivo único de dar uma oportunidade concreta para que os líderes e executivos da indústria láctea tenham insights relevantes, que podem mudar o rumo de seus negócios.

“O Dairy Vision é o evento mais exclusivo do setor no Brasil e um dos principais do mundo. A cada ano, cresce em número de participantes e empresas, sinal de que a proposta do evento é vencedora”, ressalta Marcelo Pereira. Mais informações em: www.dairyvision.com.br  

Por AGRONEWS BRASIL – Texto: Ana Lívia/ Texto Comunicação

Etiquetas
Continuar lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar