Mercado Financeiro

Países importadores de ovos comerciais in natura no primeiro semestre/2019

Em junho último as vendas externas de ovos comerciais in natura foram direcionadas para 30 países e tiveram recuperação nos volumes embarcados. Do total, 85% foi adquirido pelos Emirados Árabes Unidos, 8% pela Somália e o restante pelos demais 28 países

O total embarcado no primeiro semestre foi direcionado para 50 países e tem o Emirados como grande importador com um volume próximo de 46,5 milhões de unidades, significando aumento de 15% na quantidade e equivalendo a quase 88% na participação nacional.

Bahrein (3,5%), Libéria (2,6%), Somália (0,75%), Guiné-Bissau (0,73%) e Catar (0,69%) completam o rol dos seis maiores, que obtiveram aumento de 16,8% sobre o embarcado no mesmo período do ano passado e responderam por 96% do total exportado. Os demais 44 países representaram apenas 4% dos embarques.

Nos primeiros seis meses de 2018, dentro da sistemática antiga de levantamento, o SECEX/MDIC informava a comercialização do produto in natura com casca para apenas 8 países: Emirados, Gâmbia, Guiné Equatorial, Libéria, Serra Leoa, Omã, África do Sul e Guiana.

Dentro da nova sistemática de levantamento existem volumes ínfimos direcionados para vários países significando que estão sendo incluídos informações que anteriormente não eram computadas. Talvez se refiram a consumo em voos internacionais. Isso justificaria volumes tão baixos para diversos países onde o turismo é forte.

Países importadores de ovos comerciais in natura no primeiro semestre/2019 1

Fonte: Avisite

Etiquetas
Continuar lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar