Geral

Mourão afirma que R$ 20 bilhões devem ser liberados até o final do ano

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que, até o final do ano, devem ser liberados “uns R$ 20 bilhões” das despesas do Orçamento para dar um alívio aos ministérios que enfrentam um apagão administrativo pela falta de recursos.

Atualmente, o valor do contingenciamento chega a R$ 34 bilhões, distribuídos em pastas como da Cidadania, Educação e Ciências e Tecnologia.

Mourão lembrou, no entanto, que quem decide é o Ministério da Economia, que “é o dono do dinheiro”. Ele foi questionado por jornalistas sobre a avaliação de integrantes da pasta de que um ganho de arrecadação de cerca de R$ 8 bilhões acima do esperado em julho e agosto vai permitir um desbloqueio próximo de R$ 15 bilhões das despesas do Orçamento.

Os valores ainda não estão fechados e podem ser alterados até o anúncio oficial no próximo dia 20 de setembro, quando o governo terá que enviar ao Congresso Nacional o relatório de avaliação de receitas e despesas do Orçamento.

Nesta terça-feira, em entrevista à TV Globo, Mourão disse que os R$ 20 bilhões do Orçamento devem ser desbloqueados ainda neste mês. Hoje, ele voltou a destacar o valor, entretanto garantiu que a medida deve ocorrer até o final o ano.

* Com informações do Estadão Conteúdo

Continuar lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar