Opinião

MORDAÇA DIGITAL – Facebook não permite a livre expressão, somente pagando por isso

Este foi o nosso caso narrado no RECLAME AQUI, sobre o bloqueio imposto pelo FACEBOOK.

NARRATIVA:

DelgadoOlá amigos,
meu nome é Vicente Delgado e resolvi narrar aqui minha indignação com esta “SUPOSTA” ferramenta de relacionamento nas redes sociais, o tão famoso FACEBOOK.

Tenho um portal de notícias sobre agronegócios (http://agronews.tv.br), diariamente publicamos informações importantes para o setor e também algumas matérias de impacto nacional. Claro que para fazer chegar a maior quantidade de pessoas é impossível se não utilizarmos as redes sociais e alguns canais de comunicação como o FACEBOOK.

Se visitarem o portal, vão perceber que não contém nenhum tipo de conteúdo impróprio, spam ou qualquer tipo de informação que desrespeite as diretrizes impostas pelo FACEBOOK.

Utilizamos algumas estratégias criativas para fazer postagens que atraiam o público alvo do setor, entre elas, participar de grupos com a temática do agronegócio, é claro. Naturalmente iremos publicar o conteúdo relacionado e colocar o link que direcione a pessoa interessada ao artigo completo “Que não pode ser publicado na íntegra dentro das timelines”.

Até tudo certo, ok???

Claro que NÃO

O FACEBOOK me bloqueou para fazer qualquer tipo de publicação dentro dos grupos que participo, e qual o motivo??? MISTÉRIOOOOOOOO….

Eles não nos dão nenhuma satisfação do verdadeiro MOTIVO, nem tão pouco respondem a justificativa que somos obrigados relatar para IMPLORAR pela liberação do perfil e continuar a vida normalmente nas redes sociais.

Fiz um print da tela de um dos grupos, que mostra o BLOQUEIO. LAMENTÁVEL….

Isso é o que foi publicado:

Bloqueio facebook

Link da matéria: http://agronews.tv.br/para-combater-o-aquecimento-global-consumo-desta-alga-pode-afetar-o-arroto-das-vacas/

Esta é a tela de bloqueio:

Facebook

Minha teoria, JÁ COMPROVADA com estas atitudes são…

O FACEBOOK só permite que os conteúdos cheguem ao maior número de pessoas se PAGARMOS POR ISSO, esta é a REALIDADE DOS FATOS.

A regra que foi criada por eles é bem assim, embora seu perfil pessoal tenha 5.000 pessoas (ELES LIMITAM PROPOSITALMENTE), nossas postagens só chegam a um número ínfimo de amigos (FAÇA O TESTE), e na grande maioria da vezes nem chegam, mais uma vez LAMENTÁVEL.

Para ter mais pessoas conectadas em sua rede, você é OBRIGADO a criar uma FANPAGE (e nós também temos uma – htttp://facebook.com/agronewsmt) e aí que a realidade é pior ainda…

Mesmo tendo mais de 15.000 seguidores, que é o nosso caso, nossas postagens não chegam a 1% das pessoas, a não é claro, SE PAGARMOS POR ISSO. Mais uma vez a pegadinha do FACEBOOK.

Eles alegam, em várias notícias publicadas na mídia, que o conteúdo chega ao destino se a pessoa se interessar por ele e CURTIR… Kkk, a minha pergunta é COMO ELE VAI CURTIR SE NÃO CHEGAR PARA ELE??… Sabe aquela história: quem nasceu primeiro o ovo ou galinha, é bem assim com o FACEBOOK, mais uma vez LAMENTÁVEL.

Para encerrar e não delongar muito sobre esta questão, que infelizmente somos obrigados a acatar ou excluir o perfil dar adeus aos contatos, quero dizer o seguinte…

Se todos nós usarmos os canais de reclamação, como é o caso do RECLAME AQUI, para relatar nossas indignações com estas empresas que vivem das nossas ações, talvez seremos pelo menos OUVIDOS e quem sabe em FUTURO DISTANTE, MUITO DISTANTE, seremos libertados das MORDAÇAS DIGITAIS.

Vejam a quantidade de reclamações contra o FACEBOOK , apenas no site RECLAME AQUI e observem quantas forma respondidas (ZERO), isso é um desrespeito.

Mordaça digital

Fica aqui minha indignação, agradeço a todos que tiveram a paciência de ler até o final, garanto que demorou menos que o bloqueio do FACEBOOK.

Obrigado.

 

Link da reclamação no RECLAME AQUI: https://www.reclameaqui.com.br/facebook/mordaca-digital-facebook-nao-permite-a-livre-expressao-somente-pagando-p_SIztF7vErg4qg-U7/

Etiquetas
Continuar lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar