Diárias de Mercado

Milho: na CBOT, cotações seguem em desvalorizações nesta 6ª feira

O último dia da semana começa com desvalorização para os preços internacionais do milho futuro na Bolsa de Chicago (CBOT)

As principais cotações registravam quedas entre 4,50 e 5,50 pontos por volta das 09h10 (horário de Brasília).

O vencimento julho/19 era cotado à US$ 4,31, o setembro/19 valia US$ 4,39 e o dezembro/19 era negociado por US$ 4,47 nesta sexta-feira (31).

Segundo análise de Tony Dreibus da Successful Farming, o milho foi menor no comércio da madrugada em meio a crescentes tensões comerciais, desta vez com o México.

O presidente Donald Trump disse ontem que imporá uma tarifa de graduação sobre as importações de produtos mexicanos a partir de 5% até que o país pare a imigração ilegal para os EUA.

A Casa Branca disse que as tarifas começarão em 10 de junho e aumentará para 10% se o México não cumprir. A taxa vai para 15% em 1º de agosto, 20% em 1º de setembro e 25% em 1º de outubro.

O México é o maior comprador de milho dos EUA, e alguns investidores temem que a agricultura seja novamente usada como peão em uma guerra comercial com o México, já que o país provavelmente imporá contramedidas às importações de produtos norte-americanos.

Por Guilherme Dorigatti/ Notícias Agrícolas

Etiquetas
Continuar lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar