Diárias de Mercado

Café: na Bolsa de Nova York, cotação segue em baixa nesta 6ª feira

O mercado futuro do café arábica iniciou a sessão desta sexta-feira (22) com baixas, após duas sessões de altas expressivas na Bolsa de Nova York

O mercado futuro do café arábica iniciou a sessão desta sexta-feira (22) com baixas, após duas sessões de altas expressivas na Bolsa de Nova York (ICE Future US).

Por volta das 08h55 (horário de Brasília) o contrato com vencimento em dezembro/19 registrava queda de 75 pontos, cotado a 114,50 cents/lbp, março/20 tinha queda de 140 pontos, negociado 114,85 cents/lbp, maio/20 tinha baixa de 155 pontos, cotado a 117,05 cents/lbp e julho/20 tinha queda de 150 pontos, sendo negociado a 119,15 cents/lbp.

Na sessão de quinta-feira (21) o mercado registrou altas de até 555 pontos, após o USDA (Departamento de Agricultura do Estados Unidos) divulgar uma redução de 10,5% para a produção de café brasileiro na safra 2019/20.

Mercado Interno

No Brasil o mercado interno também registrou altas, acompanhando Nova York. Segundo Eduardo Carvalhaes, as altas não foram tão expressivas, mas os negócios também caminharam por aqui. 

O tipo 6 duro registrou altas nas principais praças produtoras do país. A maior elevação foi registrada em Espírito Santo do Pinhal/SP, com alta de 6,67%, negociado a R$ 480,00. Em Guaxupé/MG o aumento foi de 2,94%, cotado a R$ 490,00. Poços de Caldas/MG, registrou alta de
2,06% encerrando as cotações por R$ 495,00. Varginha/MG teve elevação de 3,13%, por R$ 495,00. Em Franca/SP o aumento foi de 2,06%, encerrando as negociações por 495,00.

Por AGRONEWS BRASIL – Fonte: Notícias Agrícolas

Etiquetas
Continuar lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar