Diárias de Mercado

Café: na Bolsa de Nova York, arábica segue em alta nesta 6ª feira

A sexta-feira (19) começa com a Bolsa de Nova York (ICE Futures Group) registrando valorizações para os vencimentos do café arábica

As altas das principais cotações ficavam entre 80 e 95 pontos por volta das 09h02 (horário de Brasília).

O contrato Setembro/19 teve alta de 95 pontos, a 109,55 cents/lb. Para o contrato Dezembro/19, a valorização foi de 95 pontos, a 113,40 cents/lb. Março/20 acumulou ganho de 85 pontos, a 117,00 cents/lb e Maio/20, alta de 80 pontos, a 119,20 cents/lb.

Segundo análise do site Barchart, os preços do café se estabilizaram entre ontem e hoje em função da força do real ante ao dólar. “A força do real em relação ao dólar na quinta-feira elevou os preços do café arábica desde que um real mais forte desencoraje a venda de exportação pelos produtores de café do Brasil”.

Apesar disso, as altas não são maiores uma vez que, de acordo com a publicação, as perspectivas de clima seco no Brasil para acelerar a safra de café do país atuam para limitar os ganhos.

“Os preços do café registraram baixa de 3 semanas na segunda-feira, já que as condições de seca no Brasil aceleraram a safra de café, depois que a Somar Meteorologia disse que não houve chuvas na última semana em Minas Gerais, a maior região de café arábica do país. Além disso, a Cooxupé informou na terça-feira que a colheita de café do Brasil estava 66% concluída em 12 de julho, bem à frente do nível comparável do ano passado de 46%”, aponta o Barchart.

Por Guilherme Dorigatti/ Notícias Agrícolas

Etiquetas
Continuar lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar