Diárias de Mercado

Café: cotações do arábica seguem oscilantes na Bolsa de NY nesta 5ª feira

Nesta quinta-feira (27), o café arábica iniciou o dia na Bolsa de Nova York (ICE Futures Group) registrando tanto altas quanto baixas em seus principais vencimentos

Por volta das 9h13 (horário de Brasília), o contrato julho/19 tinha alta de 60 pontos, a 105,50 cents/lb. O contrato setembro/19, alta de 75 pontos, a 106,80 cents/lb. Para dezembro/19, havia queda, de 95 pontos, a 110,10 cents/lb. Por sua vez, março/20 tinha queda de 100 pontos, a 113,65 cents/lb.

“O mercado está se ajustando ao dólar mais fraco e ao real mais forte. Agricultores brasileiros estão recebendo menos e estão relutantes em vender, não é nada fundamental”, disse Ricardo Santos, diretor da Riccoffee, para a agência de notícias Reuters.

A Cooxupé (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé) informou nesta terça-feira que a colheita dos seus cooperados atingiu 43,48% até o dia 21 de junho. Os trabalhos estão mais acelerados do que nos últimos anos. Em 2018, era 22,93% da produção colhida.

A expectativa é de produção de 7,6 milhões de sacas na área de atuação da Cooxupé.

Também por volta das 9h13, o tipo 6 duro registrava maior valor de negociação em Guaxupé (MG) com saca a R$ 432,00 – estável. A maior variação ocorria na Média Rio Grande do Sul com alta de 4,88% e saca a R$ 430,00.

Por Izadora Pimenta/ Notícias Agrícolas

Etiquetas
Continuar lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar